Papa Francisco envia carta a Lula e lamenta pelas “duras perdas”

Papal audience

Pontífice faz menção às mortes da esposa, irmão e neto do ex-presidente e o encoraja a não desanimar

O Papa Francisco enviou uma carta a Luiz Inácio Lula da Silva, de acordo com o site oficial do ex-presidente. O pontífice lamenta as “duras perdas” que Lula tem passado nos últimos anos, com a morte da mulher, Dona Marisa, do irmão Genivaldo Inácio da Silva e do neto de 7 anos, Athur Araújo Lula da Silva.

A carta é datada de 3 de maio. O papa ainda encoraja o político e o pede para não desanimar e continuar a confiar em Deus. “[Graças a Jesus Cristo], podemos passar da incredulidade e do desespero para a alegria serena e profunda de quem acredita que, no final, o bem vencerá o mal, a verdade vencerá a mentira”, escreveu.

A carta foi publicada no site oficial do Lula, que afirma a veracidade das palavras. A mensagem do pontífice foi uma resposta a uma carta enviada pelo ex-presidente, em 5 de abril. No começo do documento, o papa agradece o envio da mensagem: “Recebi a sua atenciosa carta […], com a qual me confidenciava o seu estado de ânimo e comunicava a sua avaliação sobre o atual contexto sociopolítico brasileiro, o que me será de grande utilidade”.

O site afirma que esta é a segunda vez que o Papa Francisco se comunica com o ex-presidente desde a prisão em Curitiba, em abril de 2018. A página relembra o caso do rosário abençoado e afirma que também havia sido enviado pelo pontífice, junto a uma mensagem de paz.

No entanto, o Vaticano divulgou duas notas de esclarecimento sobre a referida situação e negou que o terço havia sido enviado pelo papa, mas que foi apenas abençoado pelo Santo Padre. O rosário foi entregue pelo advogado argentino Juan Grabois, coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *