Nos pênaltis, Brasil vence o Paraguai e está na semifinal da Copa América

A história foi diferente! Ao contrário do que aconteceu nas edições de 2011 e 2015, o Brasil passou pelo Paraguai nesta Copa América e ganhando nos pênaltis. O time comandado pelo técnico Tite ficou no empate sem gols com os Paraguaios durante os 90 minutos, mas levaram a melhor nas penalidades ao vencer o duelo por 4 a 3, na noite desta quinta-feira (27), na Arena do Grêmio, pelas quartas de final.

Classificado para as semifinais, o Brasil espera o vencedor do confronto entre Venezuela e Argentina, que acontece nesta sexta (28), às 16h. A partida da próxima fase está marcada para terça (2), às 21h30, no Mineirão.

O JOGO

A primeira boa chegada do Brasil foi na base da troca de passes. A bola chegou em Daniel Alves, que apareceu como elemento-surpresa no miolo da entrada da área. O baiano finalizou rasteiro e Gatito caiu para fazer a defesa com tranquilidade.

Enquanto o Brasil buscava controlar o jogo e chegar no ataque na troca de passes, os paraguaios estavam bem postados no sistema defensivo com cinco jogadores na zaga. Aos 22 minutos, os brasileiros quase Firmino não saiu cara a cara com Gatito. Coutinho interceptou a saída errada da defesa adversária e acionou o camisa 20 dentro da área. Ele dominou, mas a bola escapou ficando com o goleiro paraguaio.

A melhor chance do jogo foi do Paraguai, mas Alisson fez uma grande defesa evitando que o placar fosse aberto no minuto 28. Derlis González dominou pelo lado direito, bateu forte e o arqueiro brasileiro espalmou para fora.

Aos 39 minutos, Filipe Luís tocou para Coutinho que invadiu a área pela esquerda e chutou rasteiro para a defesa de Gatito. Antes do árbitro encerrar o primeiro tempo, Everton recebeu na esquerda, passou por dois marcadores e rolou para Coutinho, que não conseguiu o domínio. A bola sobrou para Daniel Alves, mas ele foi desarmado pela marcação.

Segundo tempo

O Brasil voltou dos vestiários com uma modificação. Saiu o amarelado Filipe Luís para a entrada de Alex Sandro. Enquanto o Paraguai voltou com o mesmo time que começou a partida. E o jogo recomeçou no mesmo enredo da etapa inicial. Os brasileiros dominando e os paraguaios se defendendo. Aos seis, Firmino interceptou um passe adversário, girou em cima da marcação e tentou o toque para Gabriel Jesus, mas a defesa paraguaia fez o desarme. No minuto seguinte, Gatito saiu jogando mal, Allan pegou a bola e acionou Arthur na direita. Ele ganhou espaço e bateu, mas a bola subiu demais e foi para fora.

VAR e expulsão
Aos nove minutos, Firmino recebeu bom passe invadiu a grande área e foi derrubado quase na linha. O árbitro marcou o pênalti e recorreu à equipe de arbitragem de vídeo. Após a conversa, ele pediu o VAR e foi rever o lance. Mas ao invés da penalidade máxima, ele assinalou falta a favor do Brasil e mostrou o cartão vermelho expulsando o zagueiro Balbuena. Aos 14, Daniel Alves cobrou a falta com um venenoso chute rasteiro que Gatito desviou.

Gatito salvou o Paraguai mais uma vez aos 24. Ele fez bela defesa no chute de Arthur, que pegou a sobra na meia-lua. Quatro minutos depois, Everton passou como quis pela esquerda e cruzou. Firmino tentou de cabeça e a bola sobrou com Gabriel que chutou para fora, passando perto da trave paraguaia.

Aos 42 minutos, Gatito fez outra grande defesa impedindo o gol brasileiro. Na cobrança de escanteio de Coutinho, Alex Sandro desviou de cabeça e o goleiro paraguaio espalmou. Três minutos depois, Willian dominou pela direita, tabelou com Firmino e chutou. A bola caprichosamente bateu na trave.

A arbitragem deu mais sete minutos de acréscimo.

O Brasil teve mais duas chances aos 50 com Everton batendo dentro da área e com Coutinho, no minuto seguinte, ao pegar um rebote e chutar colocado mandando a bola perto do travessão de Gatito. E o juiz encerra e a decisão vai para os pênaltis!

O Paraguai abriu as penalidades com Gustavo Gómez e Alisson pegou a primeira cobrança. Na vez do Brasil, Willian deslocou Gatito mandando a bola no canto esquerdo do gol. Brasil 1×0 Paraguai

Na segunda, Almirón bateu e marcou para os paraguaios. Marquinhos cobrou, a bola ainda bateu na mão de Gatito antes de balançar as redes. Brasil 2×1 Paraguai

Valdez foi o terceiro a ir na marca cal e converteu. Na vez dos brasileiros, Coutinho bateu no canto e marcou. Brasil 3×2 Paraguai

Na quarta cobrança, Rojas bateu forte e alto vencendo Alisson. Firmino bateu e mandou para fora. Brasil 3×3 Paraguai

Na última, Derlis González também chutou para fora. Gabriel Jesus pegou a bola, deslocou Gatito e classificou o Brasil 4×3 Paraguai

FICHA TÉCNICA
Brasil 0x0 Paraguai, pênaltis 4×3
Copa América – Quartas de final

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 27/06/2019 (quinta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Cláudio Rios (ambos do Chile)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)

Cartões amarelos:  Filipe Luís, Firmino (Brasil) / Arzamendia, Iván Piris, Alonso (Paraguai)

Cartão vermelho: Balbuena (Paraguai)

Brasil: Alisson; Daniel Alves (Lucas Paquetá), Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís (Alex Sandro); Arthur, Allan (Willian) e Coutinho; Everton, Gabriel Jesus e Firmino. Técnico: Tite.

Paraguai: Gatito Fernández; Iván Piris, Gustavo Gómez, Balbuena, Alonso e Arzamendia (Valdez); Ortiz, Richard Sánchez (Escobar), Almirón e Derlis González; Hernán Pérez (Rodrigo Rojas). Técnico: Eduardo Berizzo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *