Câmara dos Deputados aprova reforma da Previdência em primeiro turno

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, em primeiro turno, a   reforma da Previdência . O texto foi aprovado por 379 votos a favor e 131 contra.

Como se trata de uma mudança na Constituição, será preciso ainda uma nova sessão na Câmara, além da votação em mais dois turnos no Senado antes de ser promulgada e entrar em vigor.

Quer saber quanto tempo falta para você se aposentar pelas novas regras da reforma? Simule aqui na calculadora da Previdência

A reforma vai alterar as regras para o trabalhador requerer a aposentadoria, como a exigência de uma idade mínima – condição hoje inexistente. Mas haverá modelos de transição para quem já está no mercado de trabalho. E serão  criadas alíquotas progressivas  de contribuição previdenciária.

Também  vai mudar o valor da pensão  para quem tem direito a esse benefício. Confira, abaixo, as principais mudanças que vão afetar os brasileiros.

Idade mínima

65 anos para homens, 62 para mulheres

O Brasil é um dos poucos países do mundo que ainda não fixaram uma idade mínima para se aposentar. A reforma da Previdência prevê que, a partir de agora, os trabalhadores só poderão se aposentar aos 65 anos, no caso dos homens, e 62 anos, no caso das mulheres.

Exigência de contribuição

Além disso, a aposentadoria virá após um tempo mínimo de contribuições previdênciárias: para as mulheres, o mínimo será de 30 anos; os homens terão de comprovar 35 anos de contribuição.

Impacto a longo prazo

As novas exigências, porém, só valerão integralmente para quem ainda não começou a trabalhar. Para quem já contribui para o INSS ou para os sistemas de aposentadoria dos servidores públicos, haverá regras de transição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *