Suíca e Superintendente da Transalvador em busca de soluções para a mobilidade de Pernambués e Santa Cruz

Reunião foi sediada na sede do órgão público, nos Barris

Por Evilasio Sacramento- supervisionado por Mara Silvany

Líderes comunitários de Pernambués e Santa Cruz, se reuniram com o Superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller e o vereador Luíz Carlos Suíca (PT), em busca de solução para a mobilidade de ambos os bairros, na tarde desta terça-feira (30), na sede da Transalvador, nos Barris.
A desordem do bairro de Santa Cruz vem trazendo transtornos para os moradores. Carga e descarga de mercadorias em horários indevidos, carros estacionados em locais inadequados e o grande crescimento do comércio para dentro do bairro, causa grandes pontos de retenções que dificulta a livre mobilidade da região.
“Vamos levar a Santa Cruz um projeto que já foi amplamente discutido, com o apoio da comunidade e será implantado logo na sequência. A sinalização tem como objetivo ali, criar uma situação de mais conforto para o bairro, desde que ela seja respeitada. Sozinho, a fiscalização não consegue avançar. A comunidade pode ajudar a partir do momento que respeita a sinalização, o agente de trânsito que está ali. Temos que remar juntos”, afirmou o Fabrizzio Muller ao informar que dia 1° de agosto haverá uma audiência pública no bairro junto à comunidade para apresentar o projeto. O superintendente ainda cita algumas medidas que serão tomadas no bairro como sinalizar as vias novamente e estudar novas possibilidades de desobstrução das vias.
Marcelo Almeida, líder comunitário do bairro, informou em entrevista ao PERNAMBUÉS AGORA, que está satisfeito com o resultado da reunião e do trabalho que vem sendo feito de forma coletiva: “Reconfirmação do trabalho coletivo junto à comunidade e o mandato da gente. Tivemos uma audiência pública no dia 15, no Colégio Municipal Theodoro Sampaio, e tratamos desse assunto de frente, o que ninguém quer porque é um caos em toda Salvador e lá não é diferente. Reunimos pessoas, líderes da comunidade. Hoje tivemos uma resposta positiva com o Secretário. Já estamos realizando um trabalho de sensibilização na comunidade. Antes, falavam que a Transalvador não subia na Santa Cruz e lá todo mundo sobe porque é um bairro. Hoje, temos a força em mão dupla, o poder público e a comunidade. O pessoal da transalvador já está trabalhando conosco, junto a associação”, ressaltou.

Pernambués:
Em Pernambués não é diferente. A desordem também toma conta do bairro e atrapalha a mobilidade de quem transita por lá diariamente. Na reunião, o líder comunitário da região, Adaílton Santana, ressaltou a importância de melhorar a sinalização das vias e aumentar a ronda diária dos agentes nas ruas principais.
Em pauta, um ponto de ônibus da rua Edson Carneiro pode mudar de local para tentar desobstruir a via. A ideia é retroceder o ponto para um largo que fica em frente a um Mercadinho. Uma outra proposta é iniciar o trabalho pela rua Thomaz Gonzaga já que é a principal do bairro.
“ Sabemos que a mobilidade, principalmente nos bairros periféricos de Salvador é caótica e precisa muito da sensibilidade da prefeitura e dos órgãos públicos, mas é preciso também que as pessoas saibam da importância de fazer, também a sua parte. Os comerciantes precisam fazer sua parte, não estacionar em locais proibidos. Então, como vereador, eu vim buscar solução para essa gente que tanto sofre com a mobilidade. Em Pernambués, não marcamos uma audiência pública ainda, mas já vimos soluções. A TRANSALVADOR vai trabalhar em prol da ordem do bairro”, afirmou o edil Suíca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *