Senado vai ouvir ex-diretor do Inpe sobre Amazônia

A Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (14), requerimento do senador baiano Jaques Wagner (PT) para realização de uma audiência pública sobre os últimos dados apresentados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Entre os convidados, está Ricardo Galvão, ex-diretor do órgão, que foi exonerado após divulgação do levantamento sobre o desmatamento na Amazônia.

“O Inpe, que atua há 60 anos e possui amplo reconhecimento no país e no exterior, tem sido alvo de críticas sem fundamento. Assim, é de extrema importância o debate sobre esses dados não só para discutir as ações de fiscalização do Ministério do Meio Ambiente, mas também avaliar os riscos e consequências de perda de autonomia científica na produção de estudos de sensoriamento remoto perante a comunidade internacional”, explicou Wagner.

Segundo o Sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), a área desmatada na Amazônia nos primeiros 7 meses deste ano foi da ordem de 4,5 mil quilômetros quadrados, 60% maior do que no mesmo período do ano passado. A maior parte desse aumento, conforme o senador baiano no requerimento, ocorreu nos meses de junho e julho, quando as condições climáticas se tornam mais favoráveis ao desmatamento e há menos nuvens no céu para bloquear a visão do satélite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *