Filhote de pitbull morre ao proteger crianças de cobra

Um pitbull de apenas 8 meses morreu após proteger seus donos de uma cobra coral. Zeus, como foi batizado, foi picado ao menos quatro vezes e não resistiu. O caso aconteceu na semana passada, na Flórida, nos Estados Unidos.

De acordo com a dona do cachorro, Georgina Richardson, o cachorro protegeu seus filhos enquanto eles brincavam do lado de fora. Orielly, o mais novo, notou que Zeus correu em sua direção com uma “corda na boca”. Orion, outro folho, notou então que Zeus agia de maneira estranha e apresentava “olhos esbugalhados”.

Família e namorada pressionam Lula a aceitar cumprir pena em casa

O inchaço que Zeus apresentava na boca foi um indicativo de que ele havia sido picado por um inseto, ao menos foi o que imaginou Georgina, que foi em busca de um remédio para o cachorro. Quando o marido foi ajudá-la a dar o medicamento ao animal, Georgina percebeu que havia uma cobra morta embaixo de Zeus.

Cobra foi encontrada abaixo de cachorro, que morreu horas depois - Foto: Reprodução

Ver as imagens

O casal se apressou para levar Zeus a um hospital. No caminho, descobriram que a instituição que escolheram não tinha um antiveneno, sendo então orientados a ir para um hospital a cerca de 45 minutos de distância de onde estavam. O cachorro ficou estável após algumas horas e tinha a previsão de ser transferido, mas morreu na manhã seguinte.

“Espero que Zeus viva como embaixador da raça pitbull. Eles não merecem a má publicidade que recebem porque dariam suas vidas para salvar os outros”, lamentou Georgina.

O casal criou uma vaquinha online para arcar com os custos da internação de cachorro. De acordo com os donos de Zeus, apenas uma dose do antiveneno custava US$ 500. A meta de arrecadação já foi alcançada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *