Collor é alvo de operação da PF de combate à lavagem de dinheiro

A Polícia Federal (PF) cumpre mandados de busca e apreensão que envolvem o senador Fernando Collor de Mello (Pros-AL), em operação deflagrada hoje (11) em Maceió (AL) e Curitiba (PR).

A ação tem como objetivo de combater esquema de lavagem de dinheiro por meio de compra de imóveis em leilões públicos.

Os mandados de busca e apreensão foram autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin.

De acordo com o G1, por meio de assessoria, Collor afirmou que vai se manifestar a respeito da operação em uma rede social, o que ainda não foi feito,

As apurações da operação, batizada de “Arremate”, pretendem identificar e comprovar o suposto envolvimento de Collor como responsável por arrematar imóveis em leilões públicos ocorridos nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2016, a fim de ocultar recursos de origem ilícita.

O senador participava dos leilões, segundo a PF, por meio de um representante com o objetivo de ocultar seu envolvimento como beneficiário final das operações. Os valores investigados são de cerca de R$ 6 milhões, ainda sem as correções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *