Óleo derramado chega a Salvador e atinge reserva extrativista no Maranhão

RIO — O óleo que se espalha pela costa da Região Nordeste do Brasil desde o início de setembro chegou a Salvador, na Bahia, nesta sexta-feira e atingiu mais oito cidades do estado. Além da capital baiana, os municípios de Lauro de Freitas, Camaçari, Mata de São João, Entre Rios, Esplanada, Conde e Jandaíra também foram afetados. As informações são do “G1”.

Também na manhã desta sexta, as manchas atingiram uma área de conservação da natureza: a Reserva Extrativista (Resex) Cururupu, no Maranhão , a 157 km de São Luis. O número de localidades afetadas pelo derramento de petróleo em todo o país subiu para 150.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente ( Ibama ) registrou a área pela primeira vez na noite desta quinta-feira (10), no mais recente levantamento sobre o óleo nas praias. Mas, segundo moradores, as primeiras manchas começaram a aparecer ainda no dia 4 deste mês.

Segundo o oceanógrafo da USP Ilson da Silveira, especializado em correntes marinhas, as manchas podem chegar ainda mais ao Norte do país. Porém, ele considera improvável que o óleo desça além da Bahia.

Em Salvador, as primeiras manchas foram identificadas na praia de Piatã e têm pequeno porte. Segundo o G1, a praia de Guarajuba, em Camaçari, a cerca de 60 quilômetros da capital, foi mais afetada pelo petróleo cru até o momento.

O óleo tomou conta da areia, e o cheiro forte assustou banhistas. Na praia de Massarandupió, em Entre Rios, a 45 quilômetros da capital baiana, que estava limpa até a última quinta-feira, várias manchas de óleo também foram identificadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *