Centro de Convenções só abrirá em janeiro

Cláudio Tinoco, vereador e secretário municipal de Cultura e Turismo, em entrevista ontem no programa “Isso é Bahia” da Rádio A TARDE FM, aos apresentadores Jefferson Beltrão e Fernando Duarte, confirmou o adiamento da inauguração do Centro de Convenções de Salvador, prevista anteriormente para este mês de dezembro. Segundo o secretário, a inauguração deve ser realizada apenas entre os dias 20 e 31 de janeiro do ano que vem.

– Na verdade, a gente prolongou esse prazo para aproveitar melhor o momento da cidade. Eu saio daqui da rádio, inclusive, e vou lá para o canteiro de obras… A gente tem acompanhado isso diariamente. A obra está dentro do cronograma. Nós devemos concluir entre 18 e 20 de dezembro as obras.

Tinoco revelou que até o momento há um evento contratado para acontecer no novo espaço, e outros ainda sendo avaliados como uma feira de calçados e shows musicais.

– Nosso evento programado mesmo hoje é o Congresso Nacional de Hoteis, que é em maio. Esse está pactuado. Foi prospectado pela prefeitura, inclusive. Nós temos uma feira de calçados que é no final de janeiro, essa manifestou para a GL [Events] o interesse de analisar a possibilidade de realizar no Centro de Convenções; e alguns eventos musicais, não associados a feiras e congressos, já para o mês de fevereiro.

Definição – Para a definição precisa da data, Tinoco afirma que a prefeitura ainda depende da agenda de uma artista que fará um show na inauguração.

– O intuito do prefeito ACM Neto é que a população se aproprie do equipamento com uma grande movimentação cultural. (…) A gente deve inaugurar entre 20 e 31 de janeiro. O que é que é determinante para isso? A agenda da artista, explicou o secretário.

Qual foi o meu crime? Discordar uma única vez. Discordar de um golpe, do meu presidente. Eu discordei por ele se apequenar (…) Ele não é Deus, é um homem. E homem falha

 

Gestores de agricultura e pecuária da Bahia e de outros estados brasileiros estão em Brasília para participar do 1º. Congresso Brasileiro do agronegócio, como forma de debater os principais temas visando ao desenvolvimento do setor. A iniciativa tem o objetivo de debater os desafios do setor e a elaboração de políticas para o desenvolvimento e inovação da agropecuária brasileira, cujo aproveitamento ainda é subdimensionado para o potencial do país.

A Bahia estará presente com gestores liderados por seus principais representantes, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Humberto Miranda, e o vice-presidente do Desenvolvimento Agropecuário, Rui Dias. Vários ministros do governo Bolsonaro participam do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *