Prefeitura consegue na Justiça autorização para utilizar Hospital Salvador

 

Dez novos leitos de UTI vão funcionar no Hospital Salvador, de acordo com o prefeito ACM Neto, após a gestão iniciar uma briga judicial com a Universidade Federal da Bahia (UFBA) para utilizar o espaço. Na manhã desta terça-feira (14), durante entrevista à TV Bahia, Neto informou que conseguiu na Justiça o direito de oferecer atendimento a pacientes infectados pela Covid-19.

“Esse caso foi parar na Justiça Federal, em Brasília, e nós conseguimos derrubar uma liminar que foi concedida à universidade pelo Tribunal Regional Federal (TRF)”, disse o prefeito.

Além dos leitos no Hospital Salvador, 20 novos leitos de UTI vão ser inaugurados no hospital de campanha montado no Wet’n Wild e outros 10 no Hospital Sagrada Família.

Entenda o caso

O reitor da UFBA, João Salles ingressou na Justiça para impedir que pacientes diagnosticados com Covid-19 fossem encaminhados pela gestão municipal para o Hospital Salvador.

A instituição alegou na Justiça que alugou um dos andares da unidade de saúde para o funcionamento da maternidade Climério de Oliveira. A Ufba argumentou que o fluxo de pacientes contaminados no espaço poderia afetar mães e bebês.

Ocupação

A ocupação dos leitos de UTI adultos de Salvador chegou na manhã desta terça a 81% de ocupação. Essa é, de acordo com o prefeito, a menor taxa em 30 dias. Para a retomada da primeira fase de reabertura das atividades essa taxa precisa cair para 75% e se manter durante cinco dias.

Apelo

Nesta segunda-feira (13), durante um ato da prefeitura, Neto foi abordado por um comerciante, que, emociado, fez um apelo pela volta das atividades nos shoppings centers. O desabafo foi de Adelmo Pinto da Silva Filho, que ficou conhecido por ter integrado um esquema que lesou cerca de 50 mil pessoas no Brasil. O prejuízo causado seria superior a R$ 1 bilhão.

“Eu respeito o momento difícil dos comerciantes e as pessoas que estão sendo afetadas. Eu me coloco no lugar deles e entendo o drama. Tive toda a paciência de ouvi-lo e mostrei que a prefeitura tinha um plano de retomada. Eu tenho certeza que chegando a 75% de ocupação, e se mantendo assim por cinco dias, vamos abrir ainda neste mês”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *